wishlist

Wishlist de Amigo Secreto

Chegou aquela época do ano né gente? para uns é uma maravilha, para outros nem tanto, mas não dá para esconder a curiosidade de quem te tirou no amigo secreto e o que você pode ganhar. Sempre rola troca de presentes entre a família, colegas da faculdade, amigos de infância e aquele da empresa. Pensando em facilitar a vida de quem não têm a menor ideia do que presentear esse final de ano, a Tidestore me convidou a mostrar alguns produtinhos que estão super em alta e podem agradar sua amiga secreta!


Na Fileira de cima não poderiam faltar os Trends do Momento, a 1. Platform Chunky na cor branca por que preta eu já tenho haha, vocês já viram o post especial que eu fiz sobre esse tipo de calçado? Vê lá! (Vicio Fashion: Flatforms) 2. uma flatform sandal rosa lindinha que eu não sei se é rosa ou nude? e 3. essesSneaker com Leds que voltaram lá da infância pra assombrar e alegrar a gente hahaha Dai na segunda fileira têm esse 4. sapatinho Platform tratorado tipo oxford e 5. uma Black Boots básica pq esse tipo de calçado não têm erro e 6. um Polygon Sunglasses ♥ E na ultima fileira temos 7. uma Blusa estilosa, por que eu adoro vestir coisas diferentes, 8. uma saia mid preta e 9. uma saia mid vermelha, por que sério, tô louca por uma dessas urgentemente!
E você? Oque quer ganhar de presente nos amigos secretos? ♥
livros

[ Livro ] Faça você mesmo - Caio Novaes


Receitas do primeiro e maior canal brasileiro de culinária do Youtube. Com cerca de 2 milhões de inscritos e mais de 120 milhões de visualizações, O Ana Maria Brogui, apresentado por Caio Novaes, ensina que cozinhar não é complicado. Ao contrário, é simples e muito divertido, e fica melhor ainda se você sabe os truques e os segredos para preparar as receitas famosas que você adora de restaurantes, bares e lanchonetes, e também daquelas guloseimas deliciosas que você compra no supermercado. Neste segundo livro do canal Ana Maria Brogui, você vai aprender mais de 100 receitas incríveis e descomplicadas para fazer em casa e surpreender amigos e familiares. 

Eu sempre gostei muito de cozinhar, minha primeira aventura culinaria foi uma panela de miojo e depois uma pipoca bem amanteigada, depois que criei certa confiança na cozinha comecei a me aventurar com receitas mais elaboradas e ficava muito feliz a cada elogio. Com esse livro consigo fazer minha coisa favorita, sair do básico do dia-a-dia. Faça Você Mesmo me deu a abertura de experimentar pratos que nunca me interessei e a comprovação de que para cozinhar não precisa de nenhum dom, apenas amor e dedicação.



Acho que em primeiro lugar, precisamos falar de como é gostoso e nostálgico ter em mãos um livro de receitas. Não que as receitas sejam inéditas, ou que não se possa acessá-las no YouTube (aliás, todas elas contém um QrCode que te direciona para o vídeo do canal), mas um livro de receitas é sempre algo que me remete a cozinha com sua família nos domingos.
Acho que o Caio teve a preocupação de descomplicar ao máximo as receitas, para estimular os leitores a botar a mão na massa.


Muito bem pensado, elaborado e é possível sentir o carinho que cada receita foi preparada e separada para o livro. Eu ainda não testei muitas receitas, mas como seguidora do Canal do Caio posso falar que foi tudo feito com muuuuito carinho e vale muito a pena ter um livro assim em casa, se você não sabe o que cozinha, abre em uma página aleatória e tá tudo resolvido!

literatura

[ Livro ] O Sobrevivente - Gregg Hurwitz


Sinopse: No parapeito de uma janela de banheiro no 11º andar do First Union Bank, Nate só tem mais um objetivo na vida: reunir a coragem necessária para saltar e acabar com os seus problemas.
De repente, ele ouve tiros dentro do banco e, ao espiar o que está acontecendo, vê uma cena terrível: criminosos mascarados disparando cruelmente em qualquer um que se coloque em seu caminho.
Enquanto sustenta o olhar de uma mulher agonizante, Nate toma uma decisão. Lançando mão de seu treinamento militar, ele consegue render e matar todo o grupo, exceto o seu líder. Antes de escapar, o homem deixa claro que ele se arrependerá de seu ato heroico.
Ele está certo. Em poucos dias, Nate é sequestrado pela máfia ucraniana e recebe uma ameaça: precisa voltar ao banco e concluir a tarefa que os bandidos não puderam cumprir. Do contrário, sua ex-mulher – pela qual ainda é apaixonado – e a filha adolescente, que não o reconhece mais como pai, serão brutalmente assassinadas.
Enquanto o tempo corre de maneira implacável e o prazo de Nate se aproxima do fim, ele luta não só para salvar as duas da morte, mas também para recuperar sua confiança e seu amor.

"Daquela altura, os carros pareciam dominós, e os pedestres, pontinhos a perambular. Um vento frio soprava incessantemente, refrescando os pulmões de Nate cada vez que ele inalava - ali, tão perto do mar, já não havia sinal da tão alardeada poluição de Los Angeles. A oeste o trânsito se dissipava nas falésias de Santa Mônica, paredões que terminavam abruptamente na areia branca das praias e na eternidade do oceano. Fossem outras as circunstâncias, Nate teria apreciado a beleza da paisagem."


Adoro historias contadas em terceira pessoa, nessa temos o ponto de vista de diferentes personagens, o que permite uma visão mais completa da história, assim dá para ter uma noção melhor do todo, além daquela parte em que o protagonista está inserido. As cenas de ação são muito bem dosadas com as de desenvolvimento pessoal de Nate e a leitura tem uma boa fluidez.
Há algumas referências de cultura pop contemporânea em algumas cenas, inclusive uma Lady Gaga ali hahaha.

"Você é o único homem que quero do meu lado. Ás vezes tenho a impressão de que era em você que eu pensava quando tinha 9 anos e ficava imaginando um namoradinho. Amo você demais para deixar que a gente vire um casal de estranhos. Isso acontece com muitas pessoas. Mas não vai acontecer com a gente. Ter você como um estranho a meu lado seria pior do que não ter você de jeito nenhum."

O Sobrevivente é um bom suspense, têm muita tensão, mas alguns detalhes que podem ser previstos em uma leitura atenta. Gostei de como a trama caminhou, a história é recheada de ação do início ao fim, mas equilibrada com algumas cenas mais calmas. Desde o inicio do livro eu tive a sensação de estar vendo um bom filme de ação, daqueles com suas cotas de lutas sangrentas e explosões, mas também de uma trama que convence e cativa o espectador. 


Cada personagem têm sua trama e um tempinho para seu desenvolvimento, e é impossível não gostar de cada um deles, seja dos vilões ou das vítimas. Nate me conquistou logo no começo através de sua dor que o fizera escolher morrer, mas em seguida por sua determinação em fazer o que é certo e em proteger quem ama. Assim como conquista o perdão da família, Nate conquista o perdão do leitor ao fazer de tudo para consertar as consequências de sua escolha.

"A doença ensina que nenhuma parte do nosso corpo é sagrada [...] Mas que outras pessoas são." 

O Sobrevivente é um livro para ser lido sem grandes pretensões. Não espere um grande mistério permeando toda a trama ou um plot twist, ou sei lá, um final bem inesperado. Trata-se apenas de acompanhar a jornada de Nate em resolver seus problemas e as situações de risco em que se envolveu.Espero que tenham curtido a resenha, têm algum livro para indicar? Deixa ai nos comentários.
literatura

[ Livro ] A historia secreta da criatividade - Kevin Ashton


Sinopse: Ao desvendar os mistérios da invenção, Kevin Ashton mostra que a criatividade é mais o resultado de pequenos passos do que de saltos extraordinários. Com histórias fascinantes, estudos desafiadores e texto brilhante, este livro é imperdível.” – Adam Grant, autor de Dar e receber
Quando pensamos nos grandes inventores e gênios criativos, muitas vezes temos a impressão de que seus feitos são resultado de um momento de inspiração. Imaginamos que Mozart ouvia suas composições inteiras na mente antes de escrevê-las, que Einstein desenvolveu a Teoria da Relatividade durante uma conversa informal e que Kandinsky pintava suas obras numa única tarde.
Mas, na verdade, a criação está longe de depender da sorte, da simples inspiração ou de algum dom especial.
Em A história secreta da criatividade, o professor do MIT Kevin Ashton mostra que o processo criativo é lento, complexo, espinhoso e repleto de falhas, frustrações e recomeços.
Por meio de histórias reais e inspiradoras – como a do menino de 12 anos que fez a produção mundial de baunilha crescer no século XIX, da mulher que realizou as primeiras descobertas sobre o DNA e dos irmãos Wright dominando a arte de voar –, Ashton explora algumas das grandes invenções da humanidade para revelar a surpreendente verdade por trás de sua concepção.
Ao analisar a trajetória de grandes nomes das ciências, das artes e dos negócios, o autor mostra que a capacidade criativa é inerente ao ser humano. O que faz com que alguns deles se destaquem, no entanto, é um misto de perseverança, trabalho duro e dedicação.
De Arquimedes à Apple, dos Muppets à latinha de Coca-Cola, este livro é uma apaixonante investigação sobre o surgimento das ideias – e mostra que todos nós somos capazes de colocá-las em prática.


Blogueiros, fotógrafos, ilustradores... quem trabalha com a criatividade sabe como é difícil renovar o estoque de ideias. O bloqueio criativo é um fantasma que assombra, além de outros fatores que dificultam o processo de criação (vida pessoal e suas complicações) e muitas vezes temos que forçar a coisa a acontecer, inspiração não cai do céu.

O livro trás exemplos de grandes criativos para comprovar que a criatividade éalgo que se co . Woody Allen é famosíssimo por seus filmes e roteiros espetaculares, mas ele conta que nem sempre a sua vida foi apenas sucesso. Ele teve que trabalhar e lutar pelo que ele queria mesmo quando ninguém acreditava que ele iria conseguir. E hoje, não só é cobiçado por grandes emissoras e produtoras de filmes, como também dá cursos pelo mundo inteiro. 

Existem muitos outros casos interessantes apresentados no livro, e não faltam áreas de atuação para pessoas criativas, pessoas da indústria, da ciência, perfumistas, entre outros.
Esse não é um livro de autoajuda, mas é tão motivador quanto um. Não esperem encontrar formulas secretas ou receitas capazes de te tornar criativo, esse livro é justamente para quebrar esses mitos que existem em torno da criatividade, esteja aberto a receber conhecimento, você vai entender que a criatividade não é um dom, mas é construída com muita luta e persistência, se existe uma formula, ela é uma coisa só: esforço!

Esse livro foi feito mais a nível de informação e conhecimento do que entretenimento. Se você estiver procurando um livro para se distrair, dificilmente irá gostar da Historia secreta da criatividade, mas se quiser conhecer um pouco mais sobre pessoas reais e suas ideias criativas, e quem sabe até se inspirar um pouco, não exite em mergulhar de cabeça nessa leitura, o livro é muito bom, conta historias de áreas diversas do conhecimento e mostra pra gente como uma solução criativa pode mudar tudo.

literatura

[ Livro ] Heresia - S.K Parris


Sinopse: Inglaterra, 1583: o país enfrenta um período conturbado, marcado por conspirações para derrubar a rainha Elizabeth, que é protestante. Muitos de seus súditos estão insatisfeitos com o governo e anseiam pelo retorno do país à religião católica. Em meio a esse clima de conflitos religiosos, o monge italiano Giordano Bruno chega a Londres, tentando escapar da Inquisição, que o acusou de heresia por sua crença num Universo heliocêntrico. O filósofo, cientista e estudioso de magia logo é recrutado pelo chefe do serviço de espionagem real e enviado a Oxford.
Oficialmente, ele vai participar de um debate sobre as teorias de Copérnico, mas, em sigilo, deve se infiltrar na rede clandestina dos católicos e descobrir o que puder sobre um complô para derrubar a rainha. No entanto, quando um dos membros mais antigos de Oxford é brutalmente assassinado, a missão secreta do filósofo é desviada de seu curso.
Enquanto ele tenta desvendar o crime, outro homem é morto e Giordano Bruno se vê envolvido numa sinistra perseguição. Alguém parece estar determinado a executar uma sofisticada vingança em nome da religião. Mas, afinal, de qual religião?
À procura de pistas, o monge percorre os labirintos da biblioteca de Oxford e visita tabernas infames e livrarias misteriosas fora dos muros da universidade, chegando a lugares que ele nunca soube que existiam e fazendo descobertas que poderiam ameaçar a estabilidade da Inglaterra.
Envolvido em uma rede de intrigas e traição, ele percebe que às vezes nem mesmo os mais sábios conseguem discernir a verdade da heresia. Alguns, no entanto, estão dispostos a matar para defender suas crenças.


Um livro histórico, cheio de tensão mas sem os detalhes maçantes que tanto dificultam esse tipo de leitura, esse é o primeiro ponto positivo de Heresia.
Cada capitulo começa com uma espécie de "gatilho" coisa que me deixa louca para saber o que aconteceu ou o que levou aquele acontecimento. E esses eventos meio que são intermináveis, acaba um, logo já vêm outro para te prender.

"... E então seria condenado à fogueira por heresia. Eu tinha 28 anos e não queria morrer. Não me restava alternativa senão fugir."

A narrativa em primeira pessoa nos apresenta um personagem humilde, de bom coração e boa índole, mas com um grande senso de dever, uma curiosidade e "descaramento" que beiram a estupidez (coisa que a gente percebe bem no inicio, tipo, na primeira página), mas que além de tudo é muito inteligente e perspicaz. É um personagem humano, tal como a tendência ao erro nos levam a criar um certo vínculo com ele e torcer para que tudo corra bem durante os perigos constantes.


"Ainda me atrevo a esperar pelo dia em que as pessoas serão julgadas por seu caráter e suas realizações, não por seu sobrenome paterno."

O livro em si é muito interessante, nunca tinha lido nada do gênero e acho que foi uma boa leitura para iniciar. A autora conseguiu ambientar a história em uma época distante com maestria, viajamos no tempo e conseguimos imaginar todo o ambiente com as descrições da autora.Então, recomendo sim! Qual será minha próxima leitura? me indiquem ai!

Subscribe